Azul volta a operar em Londrina com o novo jato Embraer E195-E2

Voos na linha para Campinas serão realizados de segunda à sexta-feira

A companhia aérea Azul voltou a operar para a cidade paranaense de Londrina desde o último dia 4 de maio, com aeronaves Embraer E195-E2, o maior avião já fabricado no Brasil. Com o apoio da Infraero, as marcações no pátio foram ajustadas e pontes de embarque móveis serão testadas para suportar a operação com o avião de maior porte. Com a rota para Campinas, a transportadora retoma a assistência pelo modal aéreo na cidade paranaense, possibilitando o transporte de cargas importantes, como as de medicamentos e equipamentos médicos, além do trânsito de passageiros que precisem viajar e também de profissionais de saúde. Os voos na linha serão realizados de segunda à sexta-feira. Os E2 estão configurados com capacidade para até 136 assentos e equipados com motores Pratt & Whitney GTF, que reduzem em até 25% o custo por assento na operação do novo modelo. A Azul informou que segue reforçando a limpeza de todas as aeronaves a cada voo e à noite, de acordo com os processos estabelecidos pela IATA, além de orientar tripulantes para se atentarem as medidas de higiene recomendadas pelo Ministério da Saúde. Kits com luvas, álcool em gel e lenço umedecido abastecem os aviões a cada novo voo e estão à disposição para uso.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn