Boeing anuncia contrato com Okay Airways

Companhia chinesa vai receber quatro jatos 737-800 e seis 737MAX 8

A fabricante norte-americana Boeing e companhia aérea Okay Airways anunciaram um pedido para seis jatos 737 MAX 8 e quatro 737-800, em contrato no valor de cerca de US$ 980 milhões. A empresa aérea privada chinesa também anunciou que irá converter cinco 737-800 encomendados anteriormente em 737-900ER. Com o anúncio, a Okay Airways será a primeira aérea da China a operar o modelo mais longo. A Okay tem sede em Pequim com o seu principal hub no Aeroporto Internacional de Tianjin Binhai. Sua frota inclui 12 Boeing 737-800 e um Boeing 737-300 cargueiro, que servem a 40 destinos domésticos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn