Boeing anuncia venda de aeronaves e maior colaboração com a indústria de aviação chinesa

Fabricante finalizou acordo para 300 encomendas e compromissos de compra

A fabricante norte-americana Boeing anunciou recentemente vários acordos que ampliarão e aprofundarão a cooperação mutuamente existente com a China. Os acordos incluem encomendas e compromissos para 300 aviões de corredor único e duplo avaliados em cerca de US$ 38 bilhões e a expansão da colaboração entre a Boeing e a indústria de aviação comercial chinesa. As empresas também se comprometeram a promover ainda mais o desenvolvimento da indústria de aviação comercial no país e alcançar os objetivos comerciais estratégicos da companhia aérea no maior mercado de aeronaves do mundo dos próximos anos. Por outro lado, a Boeing e a Commercial Aircraft Corporation of China se unirão para abrir no país uma unidade de finalização da parte interna, pintura e entrega de aeronaves 737 aos clientes chineses. A fábrica será uma joint venture e expandirá significativamente a colaboração da fabricante com a indústria de aviação chinesa e ao mesmo tempo, viabilizará futuros aumentos na taxa de produção da fábrica de montagem final do modelo em Renton, Washington. A unidade a ser inaugurada na China não eliminará postos de trabalho do Programa 737 do estado de Washington. Mais informações no portal www.boeing.com.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn