Boeing divulga estudo de mercado para os próximos 20 anos

Fabricante prevê demanda de 38.050 novos aviões avaliados em US$ 5,6 trilhões durante o período

A fabricante norte-americana Boeing divulgou estudo anual que projeta uma demanda de 38.050 novos aviões avaliados em US$ 5,6 trilhões ao longo dos próximos 20 anos, um aumento de 3,5% em relação ao previsto no ano passado. Até o final deste período, a frota de aviões comerciais vai dobrar de 21.600 aviões em 2014 para 43.560 aviões em 2034. Cerca de 58% dos 38.050 aviões entregues durante esse tempo serão utilizados para acomodar o crescimento do tráfego de passageiros, que vai continuar a crescer cerca de 4,9% ao ano, perto da linha de tendência histórica de 5%. Mais de 7 bilhões de passageiros irão voar até o final do período de previsão. Já o tráfego de carga deverá crescer cerca de 4,7%. O mercado de corredor único continua a apresentar o mais rápido crescimento, exigindo 26.730 aviões ao longo das próximas duas décadas. Estes aparelhos são a base das frotas das companhias aéreas, transportando até 75% de passageiros em mais de 70% das rotas de aviação comercial do mundo. Isto também é resultado da expansão das transportadores de baixo custo e companhias aéreas em desenvolvimento em mercados emergentes.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn