Boeing e China Airlines finalizam pedido para seis jatos 777F

Companhia planeja fazer a transição para o modelo bimotor de maior alcance, ao lançar operações de Taipei para a América do Norte

A companhia aérea China Airlines finalizou seu contrato com a fabricante norte-americana Boeing para receber seis jatos 777F e modernizar sua frota de carga. A transportadora, que atualmente utiliza uma das maiores frotas de 747 cargueiros do mundo, planeja fazer a transição para o modelo bimotor de maior alcance, ao lançar operações de Taipei para a América do Norte, um mercado importante que proporciona maiores rendimentos. O acordo está avaliado em US$ 2,1 bilhões. O 777F pode voar em rotas de longo alcance no Pacífico, além de 6.000 milhas náuticas, com 20% a mais de carga útil do que outros modelos, como o 747-400F. O avião, capaz de transportar uma carga útil máxima de 102 toneladas, permitirá à China Airlines fazer menos paradas e reduzir as taxas de aterrissagem associadas nessas rotas de longo curso. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn