Boeing

Acordo com a operadora coreana inclui 40 pedidos firmes e dez opções

A fabricante norte-americana Boeing e a companhia aérea coreana Jeju Air anunciaram uma encomenda para 40 aviões 737 MAX 8 com opções para dez jatos do tipo adicionais. O acordo, avaliado em até US$ 5,9 bilhões, é o maior pedido já feito por uma operadora de baixo custo e reflete a crescente demanda por viagens aéreas na Coréia do Sul. A empresa com sede na Ilha de Jeju, começou a operar em 2005 e atualmente voa uma frota de quase 40 aeronaves 737-800, expandindo constantemente seus serviços. A companhia alcançou um crescimento anual de 25% nas vendas nos últimos cinco anos e registrou 17 trimestres consecutivos de lucratividade. Juntamente com os novos aviões, a Boeing Global Services fornecerá ferramentas digitais para reduzir os custos operacionais da Jeju Air, que atende 60 rotas domésticas e internacionais com aproximadamente 200 voos diários. A transportadora é um membro fundador da Value Alliance, a primeira aliança de transportadoras de baixo custo regionais formada por oito companhias sediadas na Ásia.