Boeing entrega o primeiro jato 737 MAX 8 para a SpiceJet

Transportadora indiana utilizará até 205 aeronaves do tipo em rotas regionais e internacionais

A fabricante norte-americana Boeing anunciou a entrega do primeiro jato 737 MAX 8 para a companhia aérea SpiceJet, que planeja usar o modelo para expandir e padronizar sua frota e reduzir os custos de combustível por avião em US$ 1,5 milhão por ano. O contrato da operadora indiana prevê o recebimento de até 205 aviões da versão. O novo avião da SpiceJet chega em um momento em que o mercado de aviação comercial da Índia continua a crescer a taxas significativas. De acordo com dados da indústria, o tráfego aéreo doméstico no país cresceu cerca de 20% em cada um dos últimos quatro anos, com uma trajetória ascendente no futuro. Em preparação para o novo jato, a SpiceJet vai utilizar o simulador de voo e treinamento de manutenção da Boeing Global Services, que ajudará a preparar os pilotos e mecânicos da companhia em todas as áreas de operações do 737 MAX, resultando em economia de custos maximizada. A SpiceJet também emprega o programa da fabricante que permite as tripulações de voo e pessoal de terra realizarem cálculos em tempo real com base nas condições atuais do tempo e da pista, melhorando a eficiência e maximizando as cargas úteis. Foto: Boeing/Craig Larson

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn