Boeing projeta demanda para 35 mil novos aviões nos próximos 20 anos

Mercado de corredor único apresenta a maior necessidade

A fabricante americana Boeing anunciou que projeta uma demanda de cerca de 35 mil novos aviões nos próximos 20 anos. A empresa prevê que a frota mundial poderá dobrar nas próximas duas décadas. Tanto o tráfego de passageiros como o de carga devem crescer 5% ao ano. O mercado de corredor único é o principal motor da previsão e continua a mostrar força. 24.670 novos aviões serão necessários neste segmento, devido ao crescimento das companhias de baixo custo e empresas aéreas de países emergentes. Jatos 
widebodies também constituem uma grande parte da previsão. 8.590 novos aviões serão necessários neste segmento, alimentado em parte pelas companhias que desejam substituir a sua frota com mais aviões novos e mais eficientes. Mais informações sobre o relatório anual no portal www.boeing.com .

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn