Boeing recomenda parar alguns 777 após a falha do motor United

 Várias companhias aéreas estão começando a parar seus 777 operando com determinados motores Pratt & Whitney PW4000 após uma falha de motor não contida em um voo da United neste fim de semana. Os detritos do motor impactado caíram em locais em Denver, criando um risco de ferimentos extremamente alto. A Boeing já recomendou que 128 de seus 777 sejam parados para inspeção devido ao incidente.

Após os eventos deste fim de semana, a Boeing recomendou que as companhias aéreas suspendessem suas frotas 777-200 e 777-300 equipadas com os motores Pratt & Whitney 4000-112. A mudança afetará 69 aeronaves que estão atualmente em serviço e outras 59 que estão em armazenamento. A decisão vem enquanto o NTSB investiga o incidente de Denver.

Foto: Divulgação

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn