Boliviana arrendará aeronaves Airbus A330-200 para a frota de longo curso

Objetivo é substituir modelo Boeing 767-300ER em operação

O governo boliviano anunciou uma injeção de US$ 17,5 milhões na companhia aérea estatal Boliviana de Aviacion para apoiar a substituição de sua frota de longo alcance composta por jatos Boeing 767-300 pelo modelo Airbus A330-200. O primeiro exemplar deverá chegar em em dezembro e o segundo em junho de 2020. O número total de unidades a seram adquiridas ainda não foi definido e os que estão sendo preparados voaram anteriormente na Avianca Brasil. O investimento do governo também será usado ​​para concluir a substituição dos aviões 737-300 pela versão NG. Antes do final deste ano, a empresa receberá três aeronaves e até 2021, estará operando uma frota doméstica de 14 Boeing 737-700 e 800. Foto: Paulo Berger

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn