Brasil está entre os melhores avaliados em segurança operacional

Auditores da OACI concluíram trabalho em setembro deste ano

A auditoria presencial da Organização de Aviação Civil Internacional (OACI) informou que a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) alcançou 96,49% de conformidade no Universal Safety Oversight Audit Programme – Continuous Monitoring Approach (USOAP CMA), programa lançado em resposta às preocupações sobre a adequação da vigilância da segurança operacional da aviação civil em todo o mundo. O resultado preliminar obtido pela Agência coloca o país em quarto lugar no ranking de segurança operacional da aviação em todo o mundo, ficando atrás apenas da Coreia do Sul, de Cingapura e dos Emirados Árabes Unidos. A nota oficial da ANAC será comunicada pela OACI em 2016. Terceiro maior mercado de aviação do mundo, o Brasil deu um salto de 17 posições no ranking de segurança operacional da aviação civil em relação à última auditoria realizada pela organização. Em 2009, a Agência obteve nota de 87,6% e passou a ocupar a 21ª posição nessa avaliação. A próxima auditoria da OACI no Brasil deve ocorrer em 2017. Mais informações no portal www.anac.gov.br.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn