Brasileiros vão dobrar gastos com viagens nos próximos 10 anos

Valor deve chegar a cerca de US$ 40 bilhões segundo a Amadeus

De acordo com estudo divulgado recentemente pela empresa de TI Amadeus nos próximos 10 anos, os brasileiros irão dobrar os gastos com viagens. No país, aproximadamente 20 bilhões de dólares foram destinados ao setor em 2013, número que deve chegar a cerca de 40 bilhões de dólares, em 2023. O mercado de viagens vem se recuperando desde a crise mundial de 2009, estimulado pelos países emergentes, como o Brasil, onde estão surgindo novos turistas que querem conhecer o resto do mundo. E esses novos turistas tendem a viajar mais para destinos internacionais do que nacionais. Os números de acomodações internacionais utilizadas cresceram 20%, enquanto as nacionais avançaram 5.8%. A previsão é de que essa curva continue divergindo até 2023. Os gastos com viagens fora do país de origem também seguem a mesma taxa de aumento, com previsão de crescimento de 5.4% entre 2013 e 2023. A região da Ásia-Pacífico será líder em crescimento nos próximos 10 anos e a Europa ficará em 3º lugar. Os países fora da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico), em geral, representaram 44% do tráfego aéreo global em 2013, índice que deve subir pra 51% nos próximos 10 anos. Essa mudança do fluxo de passageiros nas regiões está provocando uma disputa entre os aeroportos para que eles se tornem centros de logística das empresas aéreas. O tráfego nos seis hubs da América Central e da América do Sul cresceu 57%, entre 2009 e 2013, incluindo o Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. Apesar do crescimento, o número ainda é consideravelmente mais baixo do que o das outras regiões. Para mais informações sobre o estudo, acesse o portal www.amadeus.com . 

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn