British reativará novas rotas durante o mês de julho

Companhia oferecerá menos frequências devido à demanda reduzida e ao impacto das restrições globais de quarentena

A companhia aérea British Airways anunciou que durante todo o mês de julho, continuará a reativar mais destinos em sua rede, embora ofereça menos frequências devido à demanda reduzida e ao impacto das restrições globais de quarentena. No Reino Unido e na Europa, a transportadora retornará a destinos de curta distância, incluindo Áustria, Bulgária, República Tcheca, Croácia, Dinamarca, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Islândia, Irlanda, Itália, Kosovo, Marrocos, Noruega, Portugal, Espanha, Suécia, Suíça e Turquia. Os voos domésticos serão retomados entre Londres e Belfast, Jersey, Manchester, Newcastle e Newquay e dobrará os serviços diários para Edimburgo e Glasgow. A British Airways também voltará a operar um pequeno número de rotas normais de longo curso até o final do mês. Os serviços serão retomados nas Américas, incluindo voos para Bermuda, Dallas, Miami, Seattle e Toronto. A eles se juntam as operações para São Francisco, que foram reiniciadas em junho, juntamente com destinos servidos por todo o país, incluindo Boston, Chicago, Los Angeles, Nova York/JFK e Washington, com um horário muito reduzido. O Caribe terá operações para Barbados e Kingston. Além das operações para Hong Kong e Cingapura no Extremo Oriente, a companhia também já voltou a oferecer serviços para Tóquio/Haneda, no Japão. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn