British reconfigura dois jatos Boeing 777-200 para ampliar capacidade de cargas

Aeronaves agora oferecem espaço para mais de 100m³ de volumes a cada voo

A companhia aérea British Airways removeu os assentos e despojou o interior de duas aeronaves Boeing 777-200, para que possam operar como cargueiros e transportar volumes ainda mais cruciais ao redor do mundo. A primeira viagem na nova configuração de uma delas será feita para Pequim onde coletará EPI e equipamentos médicos. Os jatos também serão usados para transportar outros bens essenciais, como alimentos e medicamentos para o Reino Unido, quando necessário, juntamente com remessas comerciais regulares. Com a demanda por viagens de passageiros ainda muito baixa, a empresa está tentando usar suas aeronaves de maneiras criativas para apoiar a luta global contra o COVID-19. Em março, a transportadora começou a operar serviços somente de carga no porão dos aviões e em abril nos assentos, enquanto essas mudanças recentes decapando os interiores significa que essas aeronaves agora oferecem espaço para mais de 100m³ de carga em cada voo.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn