Cade arquiva definitivamente denúncia contra a Azul

Companhia estava sendo acusada pela Associação Brasileira das Operadoras de Turismo de praticar ações anticoncorrenciais

A companhia aérea Azul, que estava sendo acusada pela Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (Braztoa) de praticar ações anticoncorrenciais, foi informada de que tais acusações foram definitivamente consideradas improcedentes pelo Cade. A denúncia já havia sido considerada infundada pela Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica em julho último, mas a Braztoa apresentou recurso contra essa decisão, que também foi negado. Em sua decisão, o Cade entendeu não ter havido qualquer conduta indevida por parte da Azul ou de sua filial Azul Viagens. Apesar do desnecessário desgaste e geração de custos para empresa e sociedade, o desfecho foi positivo para Azul, uma vez que ficou comprovado perante os órgãos reguladores que a companhia opera dentro da mais estrita legalidade e de acordo com as melhores práticas da indústria. Foto: Gianfranco Beting

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn