Clean Sky marca progresso em direção a uma indústria de transporte aéreo mais verde

Iniciativa tecnológica visa reduções significativas das emissões de ruído e CO2

A primeira fase de oito anos da iniciativa tecnológica conjunta Clean Sky da União Europeia – que visa reduções significativas das emissões de ruído e CO2 para o transporte aéreo – terminou no ano passado. Esta atividade incluiu o teste de voo de um sistema de controle ambiental elétrico mais verde na aeronave de teste A320 da fabricante Airbus, enquanto uma nova rede elétrica de alta voltagem (HVDC) foi submetida a testes no solo. A utilização da eletricidade para o sistema de controle ambiental de bordo reduz o consumo de combustível, bem como as emissões quando comparado ao método tradicional, que extrai o ar dos motores a jato. A primeira fase do Clean Sky também proporcionou a oportunidade de explorar ainda mais as redes elétricas HVDC que são mais leves e menos complexas do que a tecnologia de corrente alternada (A/C) usada atualmente em aeronaves. Além disso, a investigação sobre as tecnologias de redução do ruído nas trajetórias de voo durante as aproximações e partidas aeroportuárias foi conduzida em conjunto com os sistemas de avaliação da Thales para gerir da melhor forma a fase do voo, reduzindo assim o ruído operacional da aeronave.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn