Comissão Europeia aprova a fusão entre American e US Airways

Companhia resultante da fusão contará com faturamento de US$ 40 bilhões anuais

A Comissão Europeia aprovou a a fusão entre as companhia aéreas American Airlines e US Airways, que dará origem à maior empresa aérea do mundo. A Comissão considera que a operação não criará problemas de concorrência se as companhias cumprirem determinados requisitos, como a liberação de uma faixa horária no Aeroporto de Heathrow (Londres), além da entrada de empresas concorrentes na rota entre Londres e Filadélfia para impedir um monopólio nessa rota. A companhia resultante da fusão contará com um faturamento de cerca de US$ 40 bilhões anuais, mais de 94 mil empregados, 950 aviões e 6.700 voos diários para 336 destinos em 56 países. Foto: Paulo Berger

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn