Comissão Europeia aprova ajuda de 1,2 bilhão de euros para a TAP

Empresa concordou em reembolsar o empréstimo no prazo de seis meses ou apresentar um plano de reestruturação demonstrando a sua viabilidade a longo prazo

Portugal obteve aprovação da Comissão Europeia para fornecer um empréstimo de resgate estatal de 1,2 bilhão de euros para a companhia aérea TAP a fim de atender as necessidades imediatas de liquidez. Devido as dificuldades financeiras que a empresa já apresentava antes da atual pandemia, não é elegível para receber apoio ao abrigo das regras temporariamente relaxadas da Comissão em matéria de auxílios estatais. Em vez disso, o empréstimo do governo foi aprovado de acordo com as diretrizes de resgate e reestruturação do bloco, desde que as medidas de apoio sejam limitadas e contribuam para um objetivo de interesse comum. O auxílio indiretamente beneficiará o setor e a economia de turismo de Portugal, na medida em que se recuperar dos efeitos do COVID-19. A TAP concordou em reembolsar o empréstimo no prazo de seis meses ou apresentar um plano de reestruturação demonstrando a sua viabilidade a longo prazo. Mais informações no portal www.flightglobal.com. Foto: Alex Sandro V. Barbosa

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn