Delta amplia o espaçamento dos passageiros a bordo

Companhia está limitando os assentos a 50% na primeira classe e 60% na cabine principal, comfort + e premium select, afim de reduzir o número geral de viajantes

A companhia aérea Delta Air Lines anunciou que está implementando medidas para criar mais espaço para oferecer viagens mais seguras, bloqueando a venda de corredores e assentos de janela selecionados, limitando os assentos a 50% na primeira classe e 60% na cabine principal, comfort + e premium select, afim de reduzir o número geral de viajantes em todas as cabines da frota. Essa alteração, que entrará em vigor até 30 de junho, é a mais recente adição a várias ações de saúde e segurança que a empresa adotou para promover uma experiência de voo segura. Embora os assentos do meio tenham sido impedidos para venda em todos os voos desde meados de abril, a Delta agora também bloqueia assentos de janela e corredor selecionados. Blocos de poltronas para aviões a jato estreitos e regionais serão lançados nesta semana e blocos para as seções de dois lugares de aeronaves widebody serão visíveis nas próximas semanas. Essa medida inclui aeronaves regionais da Delta Connection. Ao reservar a futura seleção de assentos por meio do aplicativo Fly Delta ou on-line, os assentos bloqueados serão mostrados como indisponíveis ou não atribuíveis. Os viajantes que preferem ficar sentados diretamente ao lado de seus acompanhantes de viagem ou que precisam de assistência adicional serão incentivados a conversar com um agente ao chegar ao portão. No mês passado, a operadora também interrompeu as atualizações automáticas e gratuitas de cortesia para os membros do Medallion para permitir que os agentes determinassem a melhor forma de acomodar os passageiros de acordo com as mudanças temporárias que foram implementas para dar espaço a viagens mais seguras.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn