Delta amplia para junho as isenções nas taxas de alteração

Companhia mantém o distanciamento social a bordo e as viagens gratuitas para médicos voluntários

A companhia aérea Delta Air Lines está adotando medidas que garantem a proteção dos viajantes durante a pandemia do COVID-19 e isso inclui de oferecer isenções nas taxas de remarcação tanto para viagens já impactadas como para as que estão por vir até implementar medidas de distanciamento social a bordo. A empresa também está avaliando continuamente essas iniciativas e estendeu até junho de 2020 várias políticas e práticas recentemente anunciadas. Para permitir flexibilidade adicional na alteração de viagens, a transportadora estendeu a isenção das taxas de alteração, bem como a facilidade de viajar até 31 de maio de 2022 para passageiros com viagens canceladas até junho deste ano, com alterações pelo portal www.Delta.com. A empresa aérea está ajudando a praticar o distanciamento social em terra e no ar, de acordo com as recomendações atuais de especialistas em saúde, com a redução do número total de passageiros por voo, bloqueio dos assentos do meio e interrupção dos upgrades concedidos antecipada e automaticamente. Além disso, médicos voluntários qualificados podem reservar voos de ida e volta para Estados como Geórgia, Louisiana, Michigan e Nova York até junho, como parte do programa que a empresa aérea lançou este mês em parceria com governos estaduais e locais. A companhia continua considerando a expansão dessa iniciativa conforme necessário. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn