Delta

Passageiros na cabine Delta One em voos transoceânicos desfrutarão de menus que alternam ingredientes frescos no auge do sabor

A companhia aérea Delta Air Lines traz novamente um novo significado para o slow food (movimento que tem como objetivo promover uma maior apreciação da comida, melhorar a qualidade das refeições e uma produção que valorize o produto, o produtor e o meio ambiente). A partir do próximo dia 1º de dezembro, os passageiros que voam na cabine Delta One em todos os voos transoceânicos de toda a rede global poderão desfrutar de menus que alternam sazonalmente e com influência regional, que contam com ingredientes no auge de seu sabor, muitas vezes de artesãos e produtores de pequenos lotes. Como parte da tendência da Delta em oferecer mais menus de bordo criados por chef, a companhia irá continuar a sua parceria com o Union Square Hospitality Group (USHG) e contará com menus artisticamente desenvolvidos por Nick Anderer, chef executivo e sócio dos restaurantes nova-iorquinos Marta e Maialino, em rotas transatlânticas selecionadas, partindo do Aeroporto Internacional de Nova York John F. Kennedy, nos próximos três meses. As refeições apresentam ingredientes frescos e sazonais e inspiram-se na culinária romana rústica. O menu inclui um aperitivo de Bresaola com batatas das fazendas Paffenroth e creme de horseradish, uma sopa de feijão branco e sálvia e um prato principal de ombro de cordeiro preparado lentamente com vinho branco, alecrim e polenta acompanhando acelga. As parceiras de refeições de bordo da companhia em estações internacionais também criaram opções a partir de ingredientes sazonais relevantes, aproveitando a colheita local, incluindo voos que partem do hemisfério sul, onde a estação de cultivo é invertida. Mais informações no endereço http://news.delta.com/delta-inova-com-pratos-saborosos-e-sazonais-nos-voos-internacionais