Delta anuncia resultados financeiros do segundo trimestre de 2018

Lucro líquido ajustado foi de US$ 1,6 bilhão, uma queda de US$ 183 milhões em relação ao mesmo período do ano anterior

A companhia aérea Delta Air Lines divulgou os resultados financeiros do segundo trimestre deste ano, onde o lucro líquido ajustado foi de US$ 1,6 bilhão, uma queda de US$ 183 milhões em relação ao mesmo período do ano anterior, já que os recordes nas receitas compensaram parcialmente o impacto de US$ 600 milhões nos preços mais altos dos combustíveis. A receita operacional ajustada da Delta de US$ 11,6 bilhões no segundo trimestre apresentou crescimento 8%, ou US$ 880 milhões em relação ao ano anterior. Esse resultado de receita trimestral marca um recorde para a empresa, impulsionado por melhorias nos negócios, incluindo aumentos de dois dígitos na receita de carga e fidelidade. As receitas unitárias totais, excluindo as vendas de refinaria (TRASM), aumentaram 4,6% durante o período, impulsionada pela forte demanda em todas as entidades, o que melhorou os rendimentos. O câmbio trouxe um benefício de quase um ponto no trimestre. A Delta gerou US$ 2,8 bilhões em fluxo de caixa operacional e US$ 1,4 bilhão em fluxo de caixa livre durante o período, após o investimento de US$ 1,4 bilhão nos negócios, principalmente em aquisições e melhorias de aeronaves. A empresa também retornou US$ 813 milhões aos acionistas, quantia composta por US$ 600 milhões em recompras de ações e US$ 213 milhões em dividendos. Mais informações no portal www.delta.com.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn