Delta apresenta processo inovador de rastreamento de bagagens

Investimento de US$ 50 milhões oferece aos passageiros uma experiência mais confiável e transparente em relação a suas malas

A companhia aérea Delta Air Lines está implantando a tecnologia de rastreamento de bagagens RFID (Identificação por Rádio Frequência), oferecendo aos passageiros rastreamento de bagagens aprimorado e em tempo real do começo ao fim da viagem. Este investimento marca uma mudança histórica para a Delta e para as 120 milhões de bagagens que são manuseadas todos os anos. O RFID substituirá a leitura de código de barras manual, o padrão da indústria desde o início dos anos de 1990. Com esta nova tecnologia, os leitores utilizarão ondas de rádio para capturar com alta precisão dados armazenados em um chip RFID integrado na etiqueta das bagagens, oferecendo um rastreamento superior e maior transparência. Com o novo sistema, os viajantes poderão visualizar suas bagagens dentro e fora da aeronave durante sua viagem por meio de notificações do aplicativo móvel Fly Delta a partir do quarto trimestre de 2016. As primeiras implementações do RFID integrado ao processo de bagagens mostram que as malas são rastreadas em uma taxa de sucesso de 99,9%, assegurando que elas estejam na rota correta e que sejam carregadas de maneira adequada. As equipes da Delta implementaram 4.600 scanners, instalaram 3.800 impressoras de etiquetas de bagagens RFID e integraram 600 leitores para permitir a leitura sem o uso das mãos durante todo o processo de manuseio. Em breve, o RFID irá rastrear as bagagens de todos os voos da linha principal e da Delta Connection.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn