Delta

Unidade é capaz de operar com segurança um motor estacionário montado com potência máxima de 150.000 libras de empuxo

A companhia aérea Delta Air Lines anunciou a conclusão da construção da maior célula de testes de motores a jato do mundo. Com 48 pés de altura e seções de entrada e exaustão de 66 pés e 78 pés, respectivamente, a célula de teste é capaz de operar com segurança um motor estacionário montado com potência máxima de 150.000 libras de empuxo. Para comparar, a célula atual da empresa tem uma capacidade de empuxo de 68.000 libras. A unidade fornecerá recursos para testar uma variedade de mecanismos e realizar novos testes de motores, incluindo as variantes Trent 1000, 7000 e XWB, PW1100 e PW1500. A Delta sediará a inauguração oficial da célula de teste em fevereiro próximo, com a primeira avaliação de produção durante o ano. A nova célula de última geração é a primeira construída por uma companhia aérea dos Estados Unidos em mais de 20 anos.