Delta continuará a bloquear determinados assentos do meio até 30 de setembro

Empresa garantirá mais espaço em todas as aeronaves limitando a capacidade de passageiros

A companhia aérea Delta Air Lines anunciou que está ampliando o compromisso de criar mais espaço para viagens seguras e continuará a bloquear determinados assentos do meio e a limitar a capacidade de poltronas em todas as cabines até 30 de setembro. Dessa forma, a empresa garantirá mais espaço em todas as aeronaves, limitando a capacidade de passageiros a 50% na primeira classe; 60% na Delta Comfort+ e Premium Select, e a 75% na Delta One para reduzir o número total de viajantes a bordo. Assim, todas as poltronas do meio continuarão sendo mostradas como indisponíveis ou não reserváveis ao selecionar assentos pelo aplicativo Fly Delta ou pela internet. A empresa também continuará a bloquear alguns assentos de corredor em aviões com configuração de poltronas 2×2. A partir do próximo dia 10 de junho, a operadora retomará os upgrades automáticos do Medallion concedidos antecipadamente para a Delta One válidos para voos domésticos nos Estados Unidos, primeira classe e Delta Comfort+, que anteriormente estavam sendo gerenciados no portão de embarque. Os upgrades estão sujeitos à disponibilidade e à limitação da capacidade a bordo. Em rotas em que o aumento da demanda está aproximando a ocupação dos voos do limite definido, a companhia procurará oportunidades de usar um tipo de aeronave maior ou adicionar mais frequências. Como tem feito durante toda a pandemia de COVID-19, a transportadora continua a avaliar suas práticas para garantir que está atendendo às necessidades dos viajantes. Enquanto está redefinindo o padrão de limpeza e proporcionando mais espaço a bordo, a Delta também continua oferecendo flexibilidade adicional se os planos de viagem mudarem. Para isso, estendeu até 30 de junho a isenção de taxa de alteração para novos bilhetes, oferecendo aos passageiros a opção de remarcar suas viagens sem taxa por um ano a partir da data da compra. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn