Delta

Opções ecológicas do Youth Advisory Council reforçam o trabalho contínuo de sustentabilidade da companhia

A companhia aérea Delta Air Lines continua eliminando o uso de uma série de itens de plástico descartáveis, incluindo mexedores de café e bebidas, embalagens, utensílios e canudos de suas aeronaves e nos Delta Sky Clubs. A empresa espera eliminar mais de 136 mil quilos em resíduos plásticos por ano, mais do que o peso de duas aeronaves Boeing 757. Outras iniciativas que contribuem para os esforços de longo prazo da operadora incluem a eliminação de embalagens plásticas desnecessárias dos kits de produtos Delta One e a redução de itens de isopor nas cafeterias da sede em Atlanta, que são substituídos por embalagens compostáveis e/ou reutilizáveis. O escritório da Delta em Minneapolis deixou de usar isopor por completo em 2015. Além disso, a companhia formou o Youth Advisory Council, Conselho Consultivo de Jovens, que ajuda a orientar o trabalho da transportadora para minimizar o uso de itens de plástico descartáveis e apoiar outras iniciativas de sustentabilidade. Os membros iniciais incluem os jovens da Geórgia, Carter e Olivia Ries, que fundaram o One More Generation, e Shelby O’Neil, que mora na Califórnia e fundou o Jr Ocean Guardians. Carter, Olivia e Shelby foram fundamentais neste último ano nos esforços de sustentabilidade nas unidades da Delta, incluindo a iniciativa No-Straw November (novembro sem canudo), durante a qual eles falaram aos funcionários sobre a importância de reduzir os itens de plástico descartáveis. No Delta Sky Clubs, os canudos e mexedores de plástico vermelhos serão substituídos por mexedores de bebidas feitos de bambu ecológico e mexedores de café feitos de madeira de bétula e nas aeronaves, os canudos e mexedores de plástico vermelhos serão substituídos pelas mesmas alternativas a partir de meados de 2019. Juntas, as mudanças eliminarão mais de 183 milhões de canudos e mexedores de plástico das aeronaves e dos Delta Clubs. Canudos de palhas compostáveis estarão disponíveis nos Delta Clubs, mediante solicitação do cliente. Os espaços também começaram a migrar para alternativas compostáveis em seus itens de serviço. A Delta opera em parceria com os aeroportos de Seattle e Minneapolis desde 2016 e 2017, respectivamente, para ajudar a gerenciar os resíduos compostáveis de seus clubes e trabalha agora para identificar as melhores formas de expandir a compostagem em todos os 51 aeroportos onde seus clubes estão localizados.