Delta dispensa diferença de tarifa nas passagens internacionais

 

O governo dos Estados Unidos está exigindo que todas as pessoas em chegadas internacionais sejam testadas para COVID-19 a partir de 26 de janeiro, por isso, a Delta emitiu uma isenção da diferença de tarifa para clientes que remarcarem bilhetes internacionais comprados até 12 de janeiro.

Essa diferença será dispensada para passageiros que originalmente se programaram para viajar para os Estados Unidos até 9 de fevereiro, se eles optarem por remarcar o voo para que ele seja realizado em ou antes de 25 de janeiro.

Foto: Divulgação

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn