Delta reduz temporariamente a quantidade de voos entre EUA e China

Companhia também continua a oferecer isenção de taxas para viajantes

A companhia aérea Delta anunciou que está reduzindo temporariamente o número de voos semanais entre os EUA e a China devido à demanda significativamente reduzida dos passageiros, motivada por preocupações globais de saúde relacionadas ao coronavírus. Para manter as opções para os viajantes, a empresa continuará operando em todas as linhas atuais. Hoje, a Delta realiza 42 voos semanais entre os países, incluindo serviços diários que ligam Pequim, Detroit e Seattle; Xangai e Atlanta; e Detroit, Los Angeles e Seattle. A transportadora reduzirá as opções para aproximadamente 21 operações semanais, oferecendo de três a quatro voos semanais nas mesmas rotas. O cronograma reduzido entrará em vigor no período entre 6 de fevereiro a 30 de abril. A Delta continuará monitorando a situação e poderá fazer ajustes adicionais à medida que a situação continuar evoluindo. A empresa continua oferecendo uma isenção de taxa de alteração para viajantes que desejam ajustar seus planos de viagem.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn