Delta suspenderá voos em 11 cidades dos EUA devido a baixa demanda

DOT instituiu um processo para as empresas aéreas ajustarem o serviço onde for razoável e praticável

A companhia aérea Delta Air Lines anunciou que suspenderá as operações em 11 mercados dos EUA a partir de 8 de julho, enquanto a demanda é significativamente reduzida para ajudar a reduzir custos e mitigar os efeitos do COVID-19. Conforme permitido pelo Departamento de Transportes, que instituiu um processo para as empresas aéreas ajustarem o serviço onde for razoável e praticável, a Delta suspenderá as operações em cidades que representam aproximadamente 5% dos aeroportos domésticos atendidos. Todos esses terminais continuarão a receber serviços de pelo menos uma outra transportadora depois que a Delta interromper suas operações. São eles: Aspen, Bangor, Erie, Flint, Fort Smith, Lincoln, New Bern, Peoria, Santa Barbara, Scranton e Williston. A empresa recolocará os passageiros cujas viagens forem impactadas como resultado de suspensões de serviço nesses aeroportos. Os funcionários afetados receberão opções de proteção de pagamento até 30 de setembro de 2020. Além disso, a Delta suspenderá indefinidamente o serviço para o Aeroporto de Ottawa, a partir de 21 de junho. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn