Demanda doméstica cresceu 1% em maio mostram dados da ABEAR

Fator de aproveitamento dos voos teve recuo de 0,4 ponto percentual, ficando em 78,2%.

Economia desaquecida, público corporativo retraído e período de fraca movimentação turística. Esses são fatores que explicam o crescimento de apenas 1% da demanda por transporte aéreo dentro do território nacional em maio, na comparação com o mesmo mês de 2014. Com uma oferta consolidada 1,5% acima do ano anterior, o fator de aproveitamento dos voos teve recuo de 0,4 ponto percentual, ficando em 78,2%. O total de passageiros transportados no mês avançou 3,3%, somando pouco mais de 7,8 milhões de viagens. As estatísticas correspondem à consolidação dos dados operacionais das integrantes da Associação Brasileira das Empresas Aéreas. A companhia aérea Gol capturou 36,87% da demanda por voos nacionais em maio. A TAM aparece a seguir, com 36,46%. A Azul obteve 17,15% de participação, enquanto a Avianca ficou com uma parcela de 9,52%. No mercado internacional, a TAM liderou com 80,25% de participação. A Gol vem a seguir, com 12,10%. Na sequencia aparecem Azul, com 7,59% e Avianca, com parcela inferior a 1%. A carga transportada pelas associadas ABEAR em operações domésticas em maio somou 29.891 toneladas, um peso total 7% inferior ao registrado do mesmo mês de 2014. No segmento internacional, o peso total transportado somou 15.814 toneladas, uma alta de 6,4%. Foto: Flávio Marcos de Souza

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn