Demanda doméstica registra queda acentuada em março

Índice recuou 7,3% em relação ao mesmo mês do ano passado segundo números divulgados pela ABEAR

A procura por transporte aéreo dentro do Brasil voltou a cair em março, recuando 7,3% em relação ao mesmo mês de 2015. Esse foi o oitavo resultado mensal negativo consecutivo. Revela nova aceleração no ritmo de retração da atividade. A baixa na demanda chegou próxima de 8% em novembro e vinha apresentando variações negativas decrescentes desde então. A oferta doméstica teve no período redução um pouco maior que a da demanda, chegando a 7,5% na mesma base de comparação. O fator de aproveitamento teve ligeira melhora de 0,2 ponto percentual, situando-se em 77,63% no mês. O total de viagens domésticas realizadas em março recuou 6,6%, para 7,2 milhões de passageiros. Os números são a compilação das estatísticas das companhias Avianca, Azul, Gol e TAM, integrantes da ABEAR e responsáveis por 99% do mercado doméstico. Ao fim do primeiro trimestre do ano, na comparação com igual período de 2015, a demanda apresenta queda de 4,8%, para uma oferta reduzida em 3,7%. O fator de aproveitamento cai 0,92 ponto percentual, para 79,98%. O total de passageiros transportados no intervalo chega a 23,2 milhões, número 4,3% abaixo em relação ao anterior. Mais informações no portal www.abear.com.br

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn