Demanda no mercado doméstico recua quase 6% em outubro

Redução da oferta não foi suficiente para manter os níveis de ocupação de um ano atrás

A recessão econômica nacional, que já vinha impactando o setor aéreo desde meados de 2014, chegou realmente forte à aviação doméstica em outubro último. A demanda por transporte aéreo dentro do Brasil recuou 5,7% ante outubro do ano passado. O número mostra a aceleração do viés de baixa do indicador, que havia registrado quedas de 0,6% e 0,8% em agosto e setembro, respectivamente, na comparação com iguais períodos de 2014. A redução da oferta da indústria não foi suficiente para manter os níveis de ocupação de um ano atrás. A retirada de capacidade no mês, da ordem de 3,9%, foi menor do que a variação da demanda, levando a uma piora de 1,6 ponto percentual do fator de aproveitamento. Com isso, o índice fechou o mês em 79,30%. O total de passageiros transportados em outubro caiu 2,4% na mesma base de comparação, somando 8,1 milhões de viagens. Os números são a compilação das estatísticas fornecidas pelas companhias aéreas integrantes da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR). A participação de mercado no período mostra que a TAM ficou em primeiro com 37,40%, seguida pela Gol com 35,10% e pela Azul com 17,21%. A Avianca ficou em quarto com 10,29% do mercado. Mais informações no portal www.abear.com.br. Foto: Paulo Berger

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn