Depois de um ano de Covid, os números de passageiros da LATAM continuam baixos

 

Para março, o Grupo LATAM Airlines espera um terço dos passageiros que tinha em 2019, antes da pandemia de COVID-19, mostrando a extensão que a crise afetou ao gigante sul-americano.

LATAM Airlines Group é a maior companhia aérea da América Latina. Com mais de 300 aviões e presença na maioria dos países da América do Sul, a LATAM tinha uma média de mais de 70 milhões de passageiros anuais antes da pandemia COVID-19.

Em 2020, a companhia aérea perdeu 61,9% de seu tráfego em relação ao ano anterior. Passou de 74,18 milhões de viajantes em 2019 para 28,29 milhões. Isso levou a LATAM a registrar um prejuízo líquido de US$ 4,54 bilhões e uma redução de 70% nas receitas de passageiros.

Enquanto as receitas de passageiros caíram, as cargas aumentaram 13,7% devido ao aumento do e-commerce na América Latina. Por isso, a LATAM aposta neste mercado e anunciou recentemente a conversão de até oito Boeing 767 em cargueiros. Este plano aumentará a capacidade de carga da LATAM em 80%; em 2023, a companhia aérea deve ter uma frota de 19 cargueiros Boeing 767.

Foto: Divulgação

 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn