E195-E2 da Azul é autorizado a operar em Congonhas e Santos Dumont

Depois de mais de seis meses de trabalho em conjunto com a Embraer, a Azul conquistou o certificado da ANAC para operar com a frota de E195-E2, a maior aeronave a jato produzida no Brasil, nos dois maiores terminais urbanos do país, conhecidos por abrigarem pistas mais curtas que exigem certificações técnicas específicas.

Com 136 assentos, os E2 da companhia são equipados com motores Pratt & Whitney GTF, que reduzem em até 25% o custo por assento na operação do novo modelo. Nele, os passageiros podem aproveitar a última geração de telas individuais com TV SKY ao vivo, tomadas individuais, além de muito conforto com o novo espaço interno e com a redução de ruído proporcionada pelos novos motores.

Com a certificação, a ponte aérea Rio-São Paulo, uma das rotas domésticas mais importantes do país, poderá contar com a operação dos recém-fabricados aviões da Embraer, que começaram a ser incorporados à frota da Azul em 2019.

Segundo as informações divulgadas pela companhia, o próximo objetivo é iniciar os trabalhos para também certificar a frota de Embraer E2 para operações em condições climáticas adversas no aeroporto carioca.

Foto: Juliano Damásio

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn