Embraer anuncia novos contratos durante o Paris Air Show

Pedidos incluem encomendas firmes para 25 E-Jets E-2 feito pela Aircastle Holding Corporation

A fabricante brasileira Embraer anunciou durante o Paris Air Show, um acordo de venda para até 17 jatos E190 com a Colorful Guizhou Airlines, primeira companhia aérea da província de Guizhou, na China. O contrato inclui sete pedidos firmes e dez direitos de compra, com valor estimado de USD 834 milhões. A primeira entrega está prevista ainda para 2015. A Embraer também confirmou que a companhia SkyWest fez um pedido firme para oito jatos E175. Os aviões serão operados nas cores da Alaska Airlines. O valor deste contrato é estimado em USD 355 milhões. A fabricante anunciou outro acordo com a companhia aérea United Airlines para adicionar outros dez jatos E175 ao pedido firme, com valor avaliado em cerca de USD 444 milhões. A entrega da primeira aeronave está prevista para 2016. Os E175 serão configurados em duas classes com 76 assentos e vão operar com a marca da United Express. Por fim, a Aircastle Holding Corporation Limited fez um pedido firme para 25 aeronaves da família E-Jets E2, composto por 15 E190-E2 e 10 E195-E2. O contrato inclui direitos de compra adicionais para outros 25 E-Jets, elevando o potencial do pedido para um total de até 50 aeronaves. As entregas estão programadas para começar em 2018, a uma média de sete unidades por ano até 2021. Esta nova encomenda aumenta a carteira de pedidos dos E-Jets E2 para 267 pedidos firmes, além de 373 opções e direitos de compra.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn