Embraer confirma pedido da Tianjin Airlines

Companhia chinesa adquiriu 20 jatos Embraer 195 e dois Embraer 190-E2

A fabricante brasileira Embraer e a companhia aérea chinesa Tianjin Airlines, subsidiária do Grupo HNA, assinaram acordo final para a venda de 22 aeronaves. O contrato, com valor estimado de USD 1,1 bilhão, compreende 20 jatos Embraer 195 e dois Embraer 190-E2, o que tornou Tianjin a primeira companhia aérea do país a adquirir a nova versão. O acordo entre as empresas para 40 aviões foi previamente anunciado em julho de 2014. Os 18 jatos Embraer 190-E2 restantes farão parte de uma segunda aprovação das autoridades chinesas em fase posterior. O primeiro Embraer 195 será entregue em 2015, e o Embraer 190-E2 tem entrega programada para 2018. A Tianjin é atualmente a operadora com a maior frota de E-Jets na Ásia.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn