Embraer e Boeing assinam memorando para centro de pesquisa de biocombustíveis

Laboratório será instalado em S.J. dos Campos/SP

As fabricantes Embraer e a Boeing assinaram um memorando de entendimentos para a criação de um centro conjunto de pesquisa na área de biocombustíveis com o objetivo de desenvolver e amadurecer o conhecimento e as tecnologias que possibilitem o estabelecimento da cadeia de biocombustíveis sustentáveis para a aviação. O centro deverá ser instalado no Parque Tecnológico, em São José dos Campos/SP. O projeto deverá agora ser estruturado por meio de um acordo de colaboração entre as duas empresas. Está prevista também a possibilidade de que outras empresas e instituições tomem parte nas atividades de pesquisa e desenvolvimento. Diversas iniciativas vêm sendo desenvolvidas, inclusive no Brasil, para que se produza um biocombustível para aviação economicamente viável e que cumpra as estritas exigências aeronáuticas. Uma dessas iniciativas, foi a demonstração da viabilidade técnica de um biocombustível produzido a partir da cana de açúcar, realizada através de voo-teste com um Embraer 195, durante a Rio+20, em 2012..
 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn