Embraer lança oficialmente a segunda geração de E-Jets

Primeiro jato do tipo deverá entrar em serviço em 2018

A fabricante brasileira de aviões Embraer anunciou o lançamento da segunda geração da família de E-Jets de aviões comerciais, denominada E-Jets E2 e composta por três novos aviões: E175-E2, E190-E2 e E195-E2. O E190-E2 deverá entrar em serviço no primeiro semestre de 2018. O E195-E2 está programado para entrar em serviço em 2019 e o E175-E2 em 2020. A aplicação de tecnologias avançadas para motores, asas e aviônicos diferencia os novos modelos por fornecer às companhias aéreas o máximo em ganhos de eficiência, mantendo a comunalidade com os E-Jets atuais. A Embraer estima que o investimento total para o desenvolvimento dos novos modelos será de USD 1,7 bilhão ao longo dos próximos oito anos. A empresa prevê uma demanda de 6.400 jatos comerciais com capacidade de até 130 lugares ao longo dos próximos 20 anos. Com mais de 1.200 encomendas de E-Jets, a Embraer detém 42% do mercado em seu segmento. Mais de 950 E-Jets foram entregues até o momento para 65 clientes de 47 países. Ainda este ano, o milésimo aparelho deixará a linha de montagem, nove anos após o primeiro avião entrar em serviço.
 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn