Embraer produz a primeira peça do jato E195-E2

Entrega inicial de um E-Jet E2 está prevista para o primeiro semestre de 2018

A fabricante brasileira Embraer iniciou o processo de produção de partes do jato E195-E2, segunda aeronave da nova geração da família de aviões comerciais E-Jets. A primeira peça do protótipo é uma nervura lateral, que faz parte da Fuselagem Central II. A estrutura é feita de alumínio aeronáutico e foi fabricada em um dos modernos centros de usinagem de alta velocidade da fábrica de estruturas metálicas da unidade em São José dos Campos/SP. Em relação ao modelo da atual geração de E-Jets, o E195-E2 terá três fileiras de assentos adicionais. Esse aumento de capacidade possibilitará colocar 120 assentos, em uma configuração típica de duas classes, ou 132 em classe única. O jato trará uma economia de 24% por assento em consumo de combustível quando comparado com o E195 da atual geração. Com alcance de 3.700 quilômetros, a aeronave poderá voar de Bangcoc, na Tailândia e alcançar todo o sudeste asiático e até mesmo grande parte da China, ou praticamente todo o continente africano a partir de Nairóbi, no Quênia, ou mesmo toda a América do Sul partindo de Brasília. A primeira entrega de um E-Jet E2 está prevista para o primeiro semestre de 2018.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn