Emirates amplia a capacidade de reembolso ao passageiro

Com quase meio milhão de solicitações pendentes de gerenciamento a empresa tomou medidas proativas para reestruturar seus procedimentos

A companhia aérea Emirates aumentou sua capacidade de processar reembolsos, reafirmando seu compromisso com viajantes e parceiros comerciais impactados por interrupções causadas pela pandemia do COVID-19. Com quase meio milhão de solicitações de reembolso pendentes de gerenciamento, a empresa tomou medidas proativas para reestruturar seus procedimentos e aumentar o recurso para acelerar o processamento dos pedidos. Antes da pandemia, a Emirates processava uma média de 35.000 solicitações de reembolso em um mês. Agora, está se preparando para lidar com 150.000 por mês e pretende limpar sua carteira de pedidos atual até o início de agosto. Os passageiros que desejam solicitar vouchers ou reembolsos de viagem podem fazer isso através de um formulário on-line no site ou entrar em contato com o agente de reservas de viagens para obter assistência. A empresa oferece opções para seus viajantes afetados por cancelamentos de voos e restrições de viagem, onde basta manter o bilhete existente por até 24 meses e ligar para reagendar o voo quando estiver pronto para voar. A Emirates estendeu essa opção para aplicar a qualquer bilhete reservado até 30 de junho ou antes de 30 de novembro de 2020. Outra alternativa é trocar a parte não utilizada do bilhete por um voucher de viagem equivalente ao valor pago pela reserva original. O voucher pode ser utilizado para qualquer produto ou serviço da transportadora sem taxas de alteração, oferecendo mais flexibilidade para reagendar. Os passageiros que optaram por manter sua passagem ou por um voucher de viagem ainda podem solicitar um reembolso, se não puderem viajar. Não haverá penalidades. Mais informações sobre a política de isenção da empresa podem ser encontradas no endereço https://www.emirates.com/ae/english/help/covid-19/.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn