Emirates começa o ano com boas perspectivas

Companhia fechou 2019 com aprimoramentos importantes de produto, rede e experiência do viajante

A companhia aérea Emirates encerrou 2019 com uma série de destaques em seus produtos, rede e experiência do viajante e inicia o novo ano com foco contínuo no fortalecimento de seus negócios usando métricas operacionais, comerciais e de experiência do passageiro e na Expo2020, que abrirá suas portas em outubro para visitantes do mundo todo. Durante o ano passado, a empresa transportou cerca de 58 milhões de passageiros e operou mais de 3.500 voos em média por semana. Isto significa mais de 186 mil voos durante todo o ano, percorrendo mais de 885 milhões de quilômetros ao redor do mundo, o que equivale a mais de 2.300 viagens de ida e volta à Lua. A Emirates serviu cerca de 63 milhões de refeições nos voos que partiram de Dubai e transportou mais de 35 milhões de bagagens somente na cidade. A transportadora também ampliou sua rede global com a adição de três novas rotas de passageiros: Dubai a Phnom Penh via Bangkok, facilitando uma nova conexão entre o Camboja e a Tailândia; um serviço sem escalas para Porto, o segundo destino da companhia aérea em Portugal; e, mais recentemente, inaugurou seu voo para a Cidade do México via Barcelona. Agora, a Emirates atende a 159 destinos. Colocando os viajantes no centro do negócio, a Emirates teve mais um ano de iniciativas em produtos e serviços para fornecer melhor experiência de viagem, concluindo a reforma interna de US$ 150 milhões em dez aeronaves Boeing 777-200LR. Os passageiros continuam recebendo inúmeras opções de canais de entretenimento, são mais de 4.500 canais no ice, que conquistou sua 15ª vitória consecutiva no Skytrax em 2019 na categoria de “Melhor entretenimento a bordo” e seu 3º prêmio consecutivo APEX Passenger Choice de melhor entretenimento. A Emirates continua investindo mais de US$ 27 milhões anualmente para operar os sistemas de conectividade a bordo, atendendo às expectativas do viajante moderno. Mais de 13 milhões de conexões Wi-Fi foram estabelecidas nos voos durante o ano, já que os passageiros querem cada vez mais permanecer conectados aos seus familiares e amigos durante o voo. A companhia lançou a biometria e o reconhecimento facial em seus portões de embarque para passageiros que voam de Dubai para qualquer um dos seus 12 destinos nos Estados Unidos, reduzindo o tempo de verificação de identidade para dois segundos ou menos. Novos usos do sistema serão lançados em 2020, com a coordenação de parceiros no Aeroporto de Dubai. Por fim, o programa de fidelidade da Emirates e Flydubai atingiu 25 milhões de associados no ano passado.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn