Emirates simplifica políticas de isenções relacionadas ao COVID-19

Companhia oferece manter a passagem para viagem em 760 dias, trocar o bilhete por vouchers de viagem e serviços válidos por até 2 anos ou solicitar o reembolso total de passagens não utilizadas

A companhia aérea Emirates atualizou suas políticas de isenções de viagens relacionadas ao COVID-19 em uma abordagem simplificada para reagendar ou reembolsar passagens emitidas em todos os seus mercados globais. A empresa está oferecendo três opções aos viajantes afetados por cancelamentos de voos e restrições de viagem. Todas as passagens reservadas antes de 31 de maio para viagens até 31 de agosto terão validade por 760 dias. Os passageiros com essas passagens podem remarcar a viagem dentro deste prazo de validade. Basta entrar em contato com a empresa ou agente de viagens para reagendar o voo no período de dois anos a partir do dia em que a passagem foi emitida. O bilhete será aceito em qualquer voo para o mesmo destino ou outra cidade da mesma região, sem taxas de alteração. O viajante também pode remarcar sua passagem para viajar para outra região e neste caso, a Emirates não cobrará a taxa de reemissão, apenas a diferença de tarifa aplicável. Os vouchers de viagem ou serviço são válidos por um ano a partir da data de emissão e esse período pode ser prorrogado por mais um ano. O voucher pode ser usado para trocar por qualquer produto ou serviço da Emirates, como para pagar tarifas de voos para qualquer destino em qualquer classe de cabine ou outros serviços. A taxa de alteração não será cobrada na solicitação deste voucher e os passageiros terão mais flexibilidade para reagendar o serviço quando quiserem viajar. Os viajantes também podem solicitar o reembolso se não puderem viajar e não haverá taxas de reembolso. A Emirates também facilitou a solicitação dessas opções online bastando preencher um formulário simples. Para obter mais informações ou solicitar qualquer uma das opções, os passageiros podem acessar o portal www.emirates.com. Os viajantes com reserva feita por agentes de viagens devem entrar em contato com eles para obter informações e as mesmas políticas de isenção serão aplicadas.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn