Ethiopian realiza testes de COVID-19 em funcionários do Brasil

Companhia opera atualmente dois voos por semana entre São Paulo e Addis Abeba

A companhia aérea Ethiopian Airlines concretizou o início da parceria com a startup HCA, para auxiliar na retomada da integração social e econômica no momento da pandemia atual. A transportadora realizou o teste do COVID-19 nos funcionários do Brasil, tanto no escritório em São Paulo quanto no Aeroporto de Guarulhos, para entender a situação dos empregados e disponibilizar atendimento remoto por chat e vídeo, prontuário eletrônico com acesso online ao histórico dos colaboradores e aplicação correta dos testes rápidos. A ferramenta, também chamada de passaporte imunológico COVID -19, conta com estrutura tecnológica própria, em nuvem, para garantir total segurança dos dados, além de recursos como telemedicina. A Ethiopian Airlines foi uma das únicas operadoras estrangeiras que não deixou de voar ao Brasil em nenhum momento desde o início da crise e a implementação das medidas de isolamento social no País. A companhia informa que adotou e mantém todas as medidas cabíveis para que seus funcionários executem o trabalho remoto ao longo destes meses com total segurança. Atualmente, a empresa opera dois voos por semana partindo de São Paulo para Addis Abeba às quintas-feiras e domingos, com voo de retorno para Guarulhos às quartas-feiras e sábados. As operações da capital paulista para Buenos Aires continuam suspensas, de acordo com as determinações das autoridades argentinas. Foto: Paulo Berger

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn