Exercício simulado treina voluntários em Congonhas

Atividade avalia a preparação dos órgãos e empresas que integram o Plano de Emergência

O Aeroporto de Congonhas/SP realizou recentemente o Exercício Simulado de Emergência de Aeródromo (Esea) de 2014. A atividade, que avalia a preparação e tempo de resposta dos órgãos e empresas que integram o Plano de Emergência do aeroporto nos procedimentos de socorro e salvamento, conclui o curso de formação do Corpo de Voluntários de Emergência (CVE), que capacitou 40 participantes. O Esea é realizado em um intervalo máximo de três anos entre cada exercício, conforme determinado pela Resolução nº 234 da Agência Nacional de Aviação Civil. No treinamento, foi simulada uma ocorrência envolvendo a colisão entre uma aeronave e um caminhão de combustível no pátio do aeroporto paulista. O exercício aconteceu em área interna do sítio aeroportuário, sem interferência nas operações. No cenário da simulação, uma aeronave Fokker 100 da companhia aérea Avianca utilizou o sistema de escorregadeira para retirar os passageiros, que ficaram caídos sob o avião aguardando a chegada do atendimento médico.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn