FedEx Express celebra 30 anos de operação no Brasil

Ao longo de três décadas a companhia se consolidou como uma das mais completas provedoras de serviços de logística e transporte no país

A empresa de transporte expresso FedEx Express está celebrando 30 anos de operação no Brasil. Suas atividades foram iniciadas no país em 1989 com a aquisição da Flying Tigers. Hoje, a companhia possui aproximadamente 15 mil funcionários em todo o país e fornece serviços a clientes em cerca de 5.300 localidades. Para celebrar a data, a transportadora prepara uma série de ações que serão direcionadas a funcionários, clientes, comunidade e mercado. Parte dos investimentos contínuos visa aprimorar ainda mais a qualidade dos serviços, mantendo o compromisso de oferecer as melhores soluções em transporte e logística para os clientes. Aproximadamente 400 veículos foram adquiridos para renovar a frota da FedEx Express no Brasil. Cerca de 80% das unidades serão entregues até dezembro e o restante chegará às filiais até maio do próximo ano. A companhia também finaliza em outubro, a reforma de seu armazém no Aeroporto de Viracopos. Os investimentos contemplam a aquisição de novos equipamentos e o aumento da área alfandegada em 4.500 m². Após a conclusão, a operadora vai expandir sua capacidade de armazenagem em mais de 100% e passará a ocupar quase 10 mil m2, o maior espaço do tipo no aeroporto dentre as empresas de transporte de carga. No Brasil, o Aeroporto de Viracopos é a principal base da companhia para importação e exportação. No local, a empresa opera quatro voos semanais para o seu hub global, baseado em Memphis (EUA), de onde conecta o mercado nacional com mais de 220 países e territórios ao redor do mundo. A reforma no terminal inclui a instalação de uma nova máquina de Raio-X para cargas de grande volume (medidas até 3,60m de comprimento x 1,70m de largura e 1,70 m de altura), automação de sistema de classificação para pequenos volumes e documentos e implementação de um sistema de pesagem automática com uso de sensores instalados nas balanças. A operação da FedEx Express no aeroporto recebeu da Receita Federal do Brasil, o certificado de Operadora Econômica Autorizada (OEA) – Segurança, na modalidade Depositários de Mercadorias sob Controle Aduaneiro. A empresa também possui a certificação na categoria Segurança para transporte internacional. Com a nova qualificação, a companhia está autorizada a processar, liberar e armazenar mercadorias de importação e exportação em seu próprio depósito alfandegado. A transportadora realiza, anualmente, o Programa FedEx para pequenas empresas, com o intuito de auxiliar pequenos negócios a se tornarem globais. Este ano, o programa recebeu mais de 600 inscrições e ofereceu prêmios de R$ 100 mil e R$ 40 mil, além de mentoria de negócios aos vencedores.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn