Gol amplia rotas e frequências na malha aérea de junho

Serão 100 voos diários para todo o País e cinco novas bases da companhia voltam as atividades

A companhia aérea Gol divulgou as alterações implementadas em sua malha aérea que entra em vigor no próximo dia 1º de junho e segue durante todo o mês. Trata-se de um aumento sutil do número de voos e horários, mas de grande efeito para a comodidade de quem precisa se deslocar pelo País ou utilizar os serviços de transporte. Em junho serão 100 voos diários, ante os 68 previstos na malha essencial de maio, o que representa um acréscimo de 47%. Desse total, 20 voos terão início em 10 de junho, destacando a relevância dos aeroportos de Congonhas, em São Paulo, Brasília e Tom Jobim, no Rio de Janeiro. Aos poucos, bases em diferentes regiões do País estão sendo reabertas. Em junho, será a vez de Chapecó, em Santa Catarina, Ilhéus e Porto Seguro, na Bahia, Juazeiro do Norte, no Ceará, e Petrolina, em Pernambuco, sempre em ligação com Guarulhos, em São Paulo. Com exceção de Juazeiro, com quatro saídas semanais, os demais destinos terão três frequências. A empresa também promoverá o retorno das decolagens do Aeroporto de Congonhas para Florianópolis, Navegantes e Salvador, com quatro saídas na semana, e Recife, com seis. Além disso, a empresa retomará em Congonhas horários corporativos para Belo Horizonte, Curitiba e Porto Alegre. Todos esses trechos entram em vigor no dia 10. O Aeroporto  de Brasília ganhará reforço com novos voos para a região Norte, assim como para o Sul, o Sudeste e o Nordeste. Na capital federal, a Gol resgatará ainda operações para Recife, com três frequências semanais de ida e volta, além do Tom Jobim, no Rio de Janeiro, de segunda a sábado, também no dia 10. No Galeão, por sua vez, a transportadora ampliará a comunicação com o Nordeste, cujos destinos estão sendo contemplados desde maio. As novidades nesse terminal serão a rota para Aracaju às terças, quintas-feiras e domingos e as partidas para Curitiba e Porto Alegre (ambas de segunda a sexta-feira e domingo), e Vitória (segunda, terça, quarta, sexta-feira e domingo), todas com início no dia 10. As bases já reabertas em Navegantes, em Santa Catarina, e Foz do Iguaçu, no Paraná, mantêm-se em atividade em junho, período para o qual a Gol não tem planos de reaver seus voos internacionais. Ajustes pontuais na malha aérea poderão ocorrer face a mudanças de cenários da pandemia ou exigências regulatórias. Para conhecer a malha essencial de junho, acesse https://www.voegol.com.br/pt/informacoes/voos-gol. Foto: Renato Oliveira

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn