Gol anuncia revisão das perspectivas financeiras para 2017

Para o primeiro trimestre a companhia espera taxas de ocupação na faixa de 80%

A companhia aérea Gol anunciou uma revisão em suas perspectivas financeiras para o ano de 2017, que refletem a continuidade da estratégia racional, com a projeção de oferta acompanhando a previsão de crescimento do PIB e consequente demanda esperada de assentos. Para o primeiro trimestre do ano, a companhia espera taxas de ocupação na faixa de 80%, com yields de passageiros na faixa de R$ 24 centavos. Em janeiro, a Gol registrou taxa de ocupação de 83% e fortes reservas futuras para fevereiro e março. Para o primeiro trimestre, é esperado um CASK ex-combustível na faixa de R$ 14,5 centavos além de um aumento nos preços de querosene para aeronaves que deve aumentar os custos por ASK em 7,5%. As projeções financeiras para 2017 se baseiam no plano de capacidade da empresa e na demanda esperada para o transporte de passageiros, impulsionadas pelo fraco ambiente econômico brasileiro. Em 2017, a operadora espera reduzir a capacidade em -2%, utilizando uma frota média de 115 aeronaves. Os yields de passageiros deverão aumentar em cerca de 6%, principalmente devido ao aumento na tarifa média, parcialmente compensado pelo aumento na distância média de voo e o RASK deve ter um aumento na faixa de 7%. Para o ano, o CASK ex-combustível deve ficar em cerca de R$ 14 centavos, representando um nível praticamente estável em relação ao ano de 2016. Os custos com combustíveis por ASK devem aumentar em aproximadamente 18% no ano, devido ao aumento dos preços do petróleo. Em função da volatilidade do cenário macroeconômico brasileiro, as projeções revisadas da companhia poderão ser ajustadas visando incorporar a evolução de seu desempenho operacional financeiro e eventuais mudanças nas tendências de taxa de juros, câmbio, PIB e preço do petróleo (WTI e Brent). Para mais informações, acesse o portal www.voegol.com.br/ri. Foto: Paulo Berger

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn