Gol completa 18 anos de operações no Aeroporto Santos Dumont

Companhia lidera a oferta de assentos na ponte aérea, um dos trechos mais movimentados do mundo

No próximo dia 29 de novembro, a companhia aérea Gol comemora o aniversário de 18 anos de sua base no Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, inaugurada em 2001. É uma data que quase coincide com a criação da transportadora, que lidera a oferta de assentos entre os aeroportos de Congonhas e Santos Dumont, uma das pontes aéreas mais movimentadas do mundo. Nesse trecho interestadual, a empresa disponibiliza 52 voos diários de meia em meia hora durante manhã, tarde e noite, em dias úteis, com duração média de 50 a 60 minutos. Esse mercado se expande ainda mais entre as capitais quando são considerados os novos voos criados pela companhia, que partem do aeroporto central carioca e do Tom Jobim rumo ao Aeroporto de São Paulo/Guarulhos. A Gol também está celebrando outra marca já que desde 2015, está à frente das congêneres na oferta de assentos para o Rio de Janeiro no mercado doméstico nacional. Levando em consideração os dois aeroportos principais, a empresa detém 56% do mercado. Só nos cinco primeiros meses deste ano, foram transportados mais de 450 mil viajantes apenas na ponte aérea. Para a alta temporada, iniciando em dezembro, a Gol incrementou em 1.500 as ofertas de voos para todo do Estado do Rio de Janeiro. Semanalmente, são 570 decolagens entre as metrópoles só para o Santos Dumont e somadas as que se destinam ao Galeão que atingem 830 operações, o número chega a 1.400 partidas. E o fluxo maior de passageiros se dá no sentido da capital fluminense para a paulista. O trecho é operado na maioria das vezes com o Boeing 737-800, cuja capacidade é de 186 passageiros. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn