Grupo Emirates anuncia desempenho semestral

A receita aumentou 10% para US$ 14,8 bilhões e lucro chegou a US$ 296 milhões, queda de 53%

O Grupo Emirates anunciou os resultados semestrais para o ano fiscal entre 2018-19. A empresa obteve um crescimento estável das receitas em comparação com o mesmo período do ano passado, no entanto, os lucros foram impactados pelo aumento significativo dos preços do petróleo e movimentos desfavoráveis de câmbio em determinados mercados, em meio a outros desafios para a indústria aérea e de viagens. A receita do grupo foi de AED 54,4 bilhões (US$ 14,8 bilhões) nos primeiros seis meses do ano fiscal, um aumento de 10% em relação aos AED 49,4 bilhões (US$ 13,5 bilhões) durante o mesmo período do ano anterior. A lucratividade caiu 53% na comparação, sendo que o lucro líquido semestral do ano de 2018-19 informado foi da ordem de AED1,1 bilhão (US$ 296 milhões). A posição de caixa do grupo em 30 de setembro de 2018 era de AED 21,5 bilhões (US$ 5,9 bilhões), comparado a AED 25,4 bilhões (US$ 6,9 bilhões) em 31 de março de 2018. A Emirates transportou 30,1 milhões de passageiros entre 1º de abril e 30 de setembro de 2018, um aumento de 3% em relação ao mesmo período do ano passado. O volume de 1,3 milhão de toneladas de carga transportada está praticamente inalterado, enquanto a produtividade melhorou em 11%. Esse desempenho é resultado dos investimentos da Emirates SkyCargo em produtos e serviços adaptados para setores importantes, o que lhe dá vantagem competitiva em um mercado global em recuperação. Para o primeiro semestre do ano fiscal de 2018-19, o lucro líquido da Emirates é de AED 226 milhões (US$ 62 milhões), uma queda de 86% em relação ao ano passado. A receita da transportadora, incluindo outras receitas operacionais, de AED 48,9 bilhões (US$ 13,3 bilhões) subiu 10% em comparação com AED 44,5 bilhões (US$ 12,1 bilhões) registrados no mesmo período do ano passado. A dnata registrou um crescimento constante em seus negócios globais, que agora abrangem mais de 35 países. No primeiro semestre de 2018-19, as operações internacionais da divisão representaram mais de 68% de sua receita, que incluindo outras receitas operacionais, foi de AED 7,0 bilhões (US$ 1,9 bilhão), um aumento de 11% comparado a AED 6,3 bilhões (US$ 1,7 bilhão) no ano passado. O lucro total da dnata aumentou em 31%, para AED 861 milhões (US$ 235 milhões). As operações aeroportuárias da subsidiária continuam sendo a maior fonte de receita, com AED 3,6 bilhões (US$ 976 milhões), um aumento de 6% em relação ao mesmo período do ano passado. Em todas as suas operações, o número de aeronaves atendidas pela dnata aumentou em 6%, para 350.052, e 1,5 milhão de toneladas de carga foram operadas, um aumento de 2%.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn