Grupo Lufthansa planeja reduzir oferta de voos em até 50%

Empresa examina a possibilidade de que toda a frota de 14 jatos Airbus A380 seja retirada temporariamente de serviço

O Grupo Lufthansa anunciou que devido às circunstâncias extraordinárias da expansão do Covid-19 e a queda drástica associada de reservas, além de vários cancelamentos de voos, a capacidade oferecida deverá ser reduzida mais do que o projetado anteriormente. Dependendo do desenvolvimento adicional da demanda, a capacidade será reduzida em até 50% nas próximas semanas. Esses ajustes se aplicam a todas as unidades intregrantes do grupo. Além disso, a empresa examina a possibilidade de que toda a frota de 14 jatos Airbus A380 seja retirada temporariamente de serviço. A medida serve para reduzir as consequências financeiras da queda na demanda. Mudanças planejadas na área de pessoal, custos de materiais e orçamentos de projetos, além de outras medidas de liquidez também serão adotadas. Além de um congelamento imediato de contratações, o Grupo Lufthansa já ofereceu a seus funcionários o uso voluntário de medidas individuais de pessoal nas últimas semanas. Isso inclui conceder licenças não remuneradas e antecipar férias anuais. 

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn